domingo, 17 de maio de 2009

Be it, do it and say it

Este foi o “ponto de partida” de uma campanha super bacana da The Coca-Cola Company intitulada “Live Positively ou “Viva Positivamente”.

Simples, a frase resume o ciclo das ações que uma empresa (e um cidadão também) deve seguir para que suas práticas sejam condizentes com seus valores.

“Seja isso, faça isso e diga isso”, ou seja, a empresa, antes mesmo de pensar em uma ação de responsabilidade social, precisa repensar sua missão, visão e valores.

Depois de ter isso muito bem definido e trabalhado isso dentro da organização é a hora de colocar em prática suas idéias de sustentabilidade e então contar pra todo mundo suas formas de agir e resultados alcançados.

O que algumas vezes acontece é que as empresas vão logo fazendo e comunicando suas ações e esquecem de “olhar para dentro” da organização  para ver se é realmente naquilo que ela acredita.

Quanto ao fato de “comunicar”, sou totalmente a favor, pois isso valoriza as ações, serve de exemplo para outras pessoas e organizações, além de disseminar as boas práticas.

Contudo, acho importante haver esta coerência entre o que se está comunicando e o que realmente foi almejado e desenvolvido.

 

Saiba mais sobre a campanha da Coca-Cola em: www.livepositively.com ou www.vivapositivamente.com.br

Este é só um exemplo (do qual tive a oportunidade de participar) de empresa que não só desenvolve programas que promovem a sustentabilidade como é sustentável nos seus processos diários. Existem muitas outras empresas que seguem este caminho, entre elas o Banco Real, citado em minha postagem anterior.

6 comentários:

Gean Bernardi disse...

O blog esta LINDO!
Adorei! beijos

Fernanda Luz disse...

Olá!!
Concordo plenamente com a postagem. As empresas precisam fazer valer sua palavra, sua missão. As pessoas "de fora" precisam ter confiança, acreditar na empresa, mas antes disso a própria empresa precisa acreditar no que ela defende, precisa acreditar nos seus valores e ações internas.
Ótimo post Lê! Grande abraço!!

LetiMoreno disse...

Muuito obrigada pelas contribuições ;)
Voltem sempre!
Beijos

Caro disse...

Ah, Leti
mas essa campanha nova da Coca tem um quê de falso, não sei. Toda aquela história de reciclagem de embalagens me soa muito falso, além de ser uma atitude tardia.
Depois que eles poluíram meio mundo fica fácil dizer que se preocupam com a reciclagem das garrafas.

LetiMoreno disse...

Oi Caro!
Boa tua questão...
Assim: o negócio da Coca-Cola é vender Coca (e nós consumimos...).
Para a empresa se manter neste ramo, continuar com o seu negócio, teve que reestruturar seu posicionamento em relação às questões ambientais.
Claro que isso tem um pé bem grande dentro da legislação e tal, mas já faz tempo que a Coca-Cola trabalha com programas de preservação do meio ambiente e só agora está comunicando isso de forma mais intensa...
A empresa está associando as ações de responsabilidade social às suas estratégias de negócio. Esta é a tal sustentabilidade empresarial da atualidade. hehehe

Fernanda Luz disse...

Eu denovo por aqui..hehehe
Estava lendo os posts..
É complicado quando "entra" Coca-Cola no meio.

A Coca-Cola desperta nas pessoas ao mesmo tempo revolta e adoração. Pelo menos eu vejo isso.

Claro que não tem como negar que ela visa o lucro..como qualquer empresa. E como qualquer empresa antiga, que esta a anosss no mercado, anos atrás ela, acredito eu, não se preocupava com o meio ambiente. A questão de meio ambiente é mais nova (embora devemos concordar que isso devia ser algo sempre presente no mundo), mas sabemos que antigamente ninguém se preocupava com ecologia...poluição.

Sendo por meio de leis ou não...sendo obrigada ou não..pelo menos ela esta cuidando do meio ambiente agora. Antes tarde do que nunca.

Mas como eu disse, ela tb desperta simpatia..quem nunca chegou em algum lugar pedindo uma Coca? São raras as pessoas. Os produtos são de qualidade, isso não tem como negar, ate porque se não fosse ela não cresceria tanto e não seria a potencia que é hoje.

Mas o que esta em questão aqui é: sendo tarde ou não...o importante é que todoss façam algo. Forçados ou não..simpatizando com a causa ou não. Façamos algo para melhorar. Acredito que isso é bem mais importante...